BLOG – BRASIL FIT

Quais os benefícios das artes marciais para a saúde e o bem-estar?

Guilherme Kiihn

Criadas para auxiliar na defesa dos praticantes em situações de perigo, as artes marciais acumulam técnicas e práticas de luta sofisticadas que, ao longo dos anos, foram evoluindo para se tornar muito mais do que uma simples atividade física. Hoje é claro como as modalidades visam o desenvolvimento psicológico, moral e até mesmo espiritual dos indivíduos, seja qual for o seu estilo ou forma de treino.

Filosofia das Artes Marciais

Vindas de diversos países e com filosofias particulares, atualmente as artes marciais são consideradas uma boa alternativa para quem busca praticar esportes e trabalhar o equilíbrio corporal. Isso porque o princípio das lutas é que “a mente rege tudo”, ou seja, o corpo só pode conquistar certos avanços se a mesma for trabalhada com dedicação e afinco. Por isso, muitas vezes essa é a escolha certa para crianças, adultos e idosos, já que estabelece um padrão que pode ser bem executado por todos.

Dentre os principais benefícios das lutas, estão:

  • Melhora na flexibilidade corporal
  • Melhora do condicionamento físico
  • Trabalha a mente
  • Combate desequilíbrios emocionais
  • Estimula a coordenação motora
  • Tonifica o corpo
  • Previne doenças

Como praticar?

Como utilizam diferentes ensinamentos, o trabalho físico dentro das artes marciais exige proteções básicas como o famoso Tatame de EVA, o Protetor Bucal e a Luva Bate Saco. Os acessórios combinados a rotinas clássicas, como alongamentos e aquecimentos, facilitam ainda mais a prática e evitam que o aluno se machuque de forma desnecessária.

Vale lembrar que, durante a aula, o atleta deve se manter focado 100% do tempo e manter-se sempre atento à execução de seus movimentos. Com isso, há a maior probabilidade de usar técnicas e equipamentos como aparador de chutebandagem sacos de pancada a seu favor.

Unindo todos esses acessórios ao esforço pessoal, o aluno pode – além de se desenvolver fisicamente – combater transtornos como depressão e déficit de atenção, doenças cardiovasculares, obesidade e até mesmo doenças articulares. Como a palavra-chave do esporte é “superação das limitações”, o principal desafio é lutar contra si mesmo e superar o que limita sua potencialidade individual. Por isso, o resultado é a definição de um processo muito mais complexo do que parece ser.

Cadastre o seu e-mail!
Receba gratuitamente as atualizações do Blog.

X
Precisa de ajuda? Converse conosco